FGTS – Quando posso sacar meu dinheiro?

Share this post

Posted by: ernestino@outlook.com Comments: 0 0

O Fundo de Garantia de Tempo do Serviço (FGTS), foi criado pelo governo federal com o objetivo de formar uma reserva de dinheiro para o trabalhador. O assunto ainda gera dúvida para muitas pessoas.

Quando posso usar, com o que e como sacar, são algumas delas. Esse fundo é pago pelo patrão, com base em uma porcentagem de 8% sobre o seu salário. O valor serve como uma ajuda caso o trabalhador seja demitido sem justa causa.

Além disso, é possível sacar o dinheiro em outras circunstâncias, como término de contrato de experiência, aposentadoria, doenças graves ou mesmo para financiar a compra de uma casa ou apartamento.

Quem tem direito ao FGTS?
Trabalhadores que atuam no regime CLT (Consolidação das Leis e Trabalho);
Trabalhadores rurais;
Trabalhadores intermitentes;
Temporários;
Atletas profissionais;
Empregados domésticos;
Safreiros (que trabalham apenas no período de safra).
Como funciona o FGTS?
Como dissemos, o pagamento é feito por depósitos mensais, de responsabilidade do patrão. O dinheiro deve ir para a conta FGTS do trabalhador, que é aberta pela Caixa.

O valor descontado é igual a 8% das verbas brutas recebidas pelo trabalhador, incluindo:

Salário;
Horas extras;
Adicional noturno;
Adicional de insalubridade;
E todas as outras.
Contratos de aprendizagem tem o valor reduzido de desconto, sendo 2% para esse tipo de contrato.

Esses valores devem ser recolhidos até o dia 7 do mês seguinte ao trabalhado. Se o empregador depositar depois dessa data, deverá pagar juros e correção monetária.

Para saber se esse valor está sendo recolhido, o trabalhador pode consultar pela internet, criando um cadastro na Caixa, com o número do Pis. Outra alternativa é o aplicativo do FGTS pelo celular.

Normalmente, quem tem direito ao benefício, é enviado um extrato bimestral pelos correios. Se você não está recebendo, entre em contato com a Caixa e atualize seus dados.

Quando pode ser usado o FGTS?
Aliás, quando é que podemos usar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço? Veja se você se encaixa em algum dos quesitos ou fique esperto para quando chegar a hora.

Demitido sem justa causa;
Fim de contrato de experiência;
Portador do vírus HIV;
Aposentadoria;
Compra de casa própria;
Compor o pagamento do imóvel comprado em consórcio;
Compor o pagamento de imóvel financiado;
Rescisão por acordo;
Rescisão de contrato por extinção total da empresa;
Necessidade pessoal, urgente e grave, decorrente de desastre natural, que tenha atingido a área de residência do trabalhador;
Falecimento do trabalhador;
Quando o trabalhador tiver idade igual ou superior a 70 anos;
Quando o trabalhador ou dependente estiver em estágio terminal, em razão de doença grave;
Falta de atividade remunerada para trabalhador avulso por 90 dias ou mais;
Câncer;
Quando a conta permanecer sem depósito por três anos seguidos;
Como sacar o FGTS?
Não tem o Cartão Cidadão? Não tem problema, o dinheiro pode ser sacado em salas de autoatendimento nas agências da Caixa Econômica Federal. Basta informar o número do PIS/ PASEP/NIT/NIS e senha, para valores até R$ 1.500.

Valores que sejam iguais ou inferior a R$ 3 mil, podem ser retirados nas unidades lotéricas, nos correspondentes Caixa Aqui, nos postos de atendimento eletrônico e nas salas de autoatendimento. Para isso, é preciso ter o Cartão Cidadão e senha.

Nas demais situações, o saque dos recursos pode ser realizados em qualquer agência da Caixa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *